sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

A boa do natal

Três DVDs:
  • Metropolis remasterizado;
  • Monty Phyton and the Holy Grail, versão estupidamente de luxo;
  • Trilogia Lord of the Rings EXTENDED... HAHAHAHAHA
Não esquecendo do Livro das Mil e Uma Noites que minha amada me deu, at last but not at least.

2007

Desejos para os amigos em 2007:

Que você passe ileso.

Até ano que vem.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Natal

Está chegando mais uma festa pseudo-monoteísta capitalista... HO HO HO

E haja nego pedindo caixinha!

Eu já pedi o meu brinquedinho pro bom velhinho: (fonte)

quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

Orkut e papercraft

Tenho poucas comunidades inscritas no Orkut, e uma das mais produtivas, acredite, é a de papercraft.

Pra quem não conhece, papercraft são modelos em escala, feitos em papel. Talvez você conheça algum desses modelos que vendem em jornaleiro, coisa rara hoje em dia. Mas nessa comunidade o que se vê são modelos SÉRIOS, tipo montar um caça F14 em uma escala aproximada de 1:32, TODO em papel, ou então um bombardeiro B52 que, quando montado, fica com 1,80 m de envergadura... de PAPEL.

Também existe outros modelos, muito carro de corrida, até gundam... e vários de GRAÇA pra baixar. Coisa oficial. Por exemplo, procure por motos da Yamaha em papel e veja o nível de detalhe.

E o principal nestes modelos é que, se você errou, é só imprimir novamente as "peças". Mas não se iluda de achar que o trabalho de um modelo de papel é menor que montar um modelo de plástico, existe todo um "bizu"!

quinta-feira, 7 de dezembro de 2006

Filmes e musicas

A um certo tempo atrás, assisti o filme "Metropolis", que é mudo, tocando simultaneamente o disco "William Shakespeare's Hamlet" (uma coletânea brasileira de bandas de metal, de uma forma temática). Ficou muito interessante, recomendo.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

Aprenda russo

Parece surreal, mas russo não é a coisa mais bizarra que já inventaram. A principal confusão é o alfabeto cirílico, que depois que você entende, muitas palavras ficam parecidas com inglês.

Primeiramente, existem várias letras que parece-mas-não-é. Por exemplo, aonde voce ler "C", na verdade você fala como se fosse "S"; Aonde tem "P" vira "R". Logo, quando você assistia no futebol um CCCP, na verdade fala-se SSSR, que é a abreviatura de União Soviética.

Outras letras que viram outras são "H" vira "N", "Y" vira "U", "B" vira "V".

Outra categoria de letras lembra grego: "б" vira "B", "Д" vira "D", "Г" vira "G", "Ф" vira "F", "П" vira "P".

Algumas letras parecem invertidas, mas não tem nada a ver: "Я" fala-se "iá", "И" vira "I".

Por último, temos letras que, felizmente, são as mesmas em ambos os alfabetos: A, E, K, M, O, T.

Um detalhe é que as letras minúsculas são, na maioria dos casos, escritas como letras maiúsculas menores.

Logo, você para entender mais de russo você tem que pensar mais em fonema do que letra. Assim você pode entender uma palavra do tipo Русский, Москва ou Карлос Клэбер.

terça-feira, 21 de novembro de 2006

The Lord of Souls, já nas bancas

Quem gosta do mal-feito e costuma passar na frente de qualquer banca de jornal, já deve ter reparado na caveira que estava a venda semana passada. Se você não viu, acontece, pois o objeto sinistro acabou em tempo recorde.

Trata-se de uma colação para montar o corpo humano. O primeiro fascículo, que incluía a caveira (sem a 'tampa") e os dentes, custou somente R$ 2,90. O segundo fascículo vem a tampa e um pedaço de cérebro, por R$ 9,90. Os próximos fascículos vêm por R$ 19,90, aí fala sério.

Se pudesse comprava 6 primeiros fascículos e fazia um jogo de copos.

sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Outra frase

Essa o Hélio que viu, atrás da cadeira do motorista do ônibus:

"A velocidade que nos leva ao delírio
é a mesma que nos pode trazer o desespero."

Uma estoria breve e uma frase

Nosso colega Andrezinho foi pegar um táxi da rodoviária para casa, e assim que chega em seu destino é assaltado pelo próprio taxista.

Comentário de outro colega: "Bom, pelo menos você não teve que pagar a corrida!"

TRASH...

segunda-feira, 16 de outubro de 2006

The Killer Rabbit of Caerbannog

Este é o coelho macabro que aparece no Monty Python, que possui ataque vorpal (decapita pessoas naturalmente) e velocidade anormal.

Hoje você pode comprar um killer vorpal rabbit de pelúcia, para alegria da garotada. Ou que tal umas pantufas?

O que é pior, fizeram uma ficha de D&D pra esta criaturinha. As partes mais notáveis da ficha:
  • HD: 1d8+12 (950hp†)
  • Keen, Vorpal Bite (Ex): The Holy Grail Rabbit’s bite attack naturally threatens a range of 15-20/x3. On a roll of a natural 20 it may decapitate any foe of up to three sizes larger than it (up to Large size). Even a standard critical hit is ususally sufficient to kill a weaker foe. The rabbit favours gory decapitation attacks, and has no compunctions against using them to defend itself.

quarta-feira, 11 de outubro de 2006

Politica

Todo mundo fica ruminando sobre votação presidencial, que tá ruim, o outro é pior, mas não entende aonde que pega...

... em quem você votou pra deputado mesmo? Qual é o partido dele?

Lembre disto daqui a 4 anos.

segunda-feira, 9 de outubro de 2006

Pra comer

Pra quem está em Cuiabá: vai no restaurante Só Pêra, comer piraputanga assada na brasa, sem espinha, recheado com cebola.

Pra quem está no Rio: vai no Poleiro do Galeto, na CADEG (Benfica), comer o bifão. Se for sexta, coma Cabrito, mas fique sabendo que vai pra guerra...

quarta-feira, 4 de outubro de 2006

Hellraiser

Melhor cena:
- The box. You opened it, we came.
- It's just a puzzle box!
- Oh, no, it is a means to summon us.
- Who are you?
- Explorers in the further regions of experience. Demons to some, angels to others.
- It was a mistake! I didn't mean to open it! It was a mistake! You can all go to hell!
- We can't. Not alone.
- You solved the box. We came. Now you must come with us. Taste our pleasures.
- Please... go away and leave me alone!
- Oh, no tears, please. It's a waste of good suffering.
- Wait! Wait! Wait! Wait, please, wait!
- No time for argument.
- You've done it before, right?
- Many, many times.
- To a man called Frank Cotton?
- Oh, yes.
- He escaped you.
- Nobody escapes us.
- He did. I've seen him. I've seen him.
- Impossible!
- He's alive!
- Supposing he had escaped us, what has that to do with you?
- I can... I can lead you to him, and you can take him back instead of me.
- Perhaps we prefer you.
- I want to hear him confess himself, then maybe... maybe...
- But if you cheat us...
- We'll tear your soul apart!

sexta-feira, 22 de setembro de 2006

Uriah Heep

Show semana que vem!

Para esquentar o pandeiro:
  • Sunrise
  • Gypsy
  • Rainbow Demon
  • Bird of Prey
  • Lady in Black
  • Look at Yourself
  • The Wizard
  • Easy Livin'
  • Love Machine
  • Traveller in Time
Só velharia...

terça-feira, 12 de setembro de 2006

Música para o dia 11

"Hassan I Sabha", do Hawkwind:

Hashish-hashin Hashish-hashin (3x)
Hashishin

Black-September Black-September (3x)
Black-September

Death unto all infidels in oil
Guide us o thou genie of the smoke
Lead us to a thousand and one nights
In the perfumed garden of delights

Petro-dollar Petro-dollar
Petrol-D'allah Petrol-D'allah
Petro-dollar Petro-dollar
Petro-dollar

It is written in the song of the desert
It is written in the signs in the stars
It is written in the sands of the hour-glass
It is written
It is written in the eye of the falcon
It is written in the shade of the scorpion
It is written in the wealth of the sun
It is written
It is written that man's truth is a mirage
It is written that death's an oasis
It is written for all unbelievers
It is written

Death unto all infidels in oil
Guide us o thou genie of the smoke
Lead us to a thousand and one nights
In the perfumed garden of delights

quarta-feira, 6 de setembro de 2006

Para quem ficou curioso...

Para bebês

Esta é a primeira coletânea musical que fiz para meu filho. Chama-se "Psychedelia for Babies". Na verdade não é só um ajuntado de músicas - entre cada uma há uma transição suave, misturando os ritmos.
  1. Pink Floyd - Echoes
  2. H. P. Lovecraft - At The Mountains of Madness
  3. Led Zeppelin - Dazed and Confused
  4. Hawkwind - Master of The Universe
  5. Pink Floyd - The Narrow Way p. 2
  6. Kraftwerk - Spiegelsaal (Hall of Mirrors)
  7. Goblin - Profondo Rosso
  8. Hawkwind - (sem título)
  9. H. P. Lovecraft - Spin, Spin, Spin
  10. UFO - Star Storm
  11. Pink Floyd - One of These Days
  12. Ravi Shankar - Hari Om
  13. Kodo - Ibuki
  14. Pink Floyd - On The Run
  15. Kodo - Ibuki (cont.)
  16. Pink Floyd - Set The Controls For The Heart of The Sun (versão Pompeii)

terça-feira, 5 de setembro de 2006

Corona

Captain´s Log do doutorado:

In electricity, a corona discharge is an electrical discharge brought on by the ionization of a fluid surrounding a conductor, which occurs when the potential gradient exceeds a certain value, but conditions are insufficient to cause complete electrical breakdown or arcing.

Coronas can generate audible and radio-frequency noise, particularly near electric power transmission lines. They also represent a power loss, and their action on atmospheric particulates, along with associated ozone and NOx production, can also be disadvantageous to human health where power lines run through built-up areas. Therefore, power transmission equipment is designed to minimise the formation of corona discharge. Corona discharge is generally undesirable in:

  • Electric power transmission, owing to loss of power in corona processes and noise
  • Inside electrical components such as transformers, capacitors, electric motors and generators. Corona progressively damages the insulation inside these devices, leading to premature equipment failure.
  • Situations where high voltages are in use, but ozone production is to be minimised

(fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Corona_discharge )

sexta-feira, 1 de setembro de 2006

NOBODY expects the Spanish Inquisition!

Este é um enquete do Monty Python, que pra variar é muito sem sentido. O texto assim, de forma crua, não mostra a bizarrice dos inquisitores malucos entrando com "nice red uniforms". Mas hoje em dia com os recursos da rede, este vídeo é facilmente encontrado.

(fonte: http://people.csail.mit.edu/paulfitz/spanish/script.html )

In the early years of the 16th century, to combat the rising tide of religious unorthodoxy, the Pope gave Cardinal Ximinez of Spain leave to move without let or hindrance throughout the land, in a reign of violence, terror and torture that makes a smashing film. This was the Spanish Inquisition...

(...)
Chapman: *I* don't know - Mr Wentworth just told me to come in here and say that there was trouble at the mill, that's all - I didn't expect a kind of Spanish Inquisition.

[JARRING CHORD]

[The door flies open and Cardinal Ximinez of Spain [Palin] enters, flanked by two junior cardinals. Cardinal Biggles [Jones] has goggles pushed over his forehead. Cardinal Fang [Gilliam] is just Cardinal Fang]

Ximinez: NOBODY expects the Spanish Inquisition! Our chief weapon is surprise...surprise and fear...fear and surprise.... Our two weapons are fear and surprise...and ruthless efficiency.... Our *three* weapons are fear, surprise, and ruthless efficiency...and an almost fanatical devotion to the Pope.... Our *four*...no... *Amongst* our weapons.... Amongst our weaponry...are such elements as fear, surprise.... I'll come in again.

[The Inquisition exits]

Chapman: I didn't expect a kind of Spanish Inquisition.

[JARRING CHORD]

[The cardinals burst in]

Ximinez: NOBODY expects the Spanish Inquisition! Amongst our weaponry are such diverse elements as: fear, surprise, ruthless efficiency, an almost fanatical devotion to the Pope, and nice red uniforms - Oh damn!
(...)

Ximinez: Our chief weapons are...
Biggles: Our chief weapons are...um...er...
Ximinez: Surprise...
Biggles: Surprise and --
Ximinez: Okay, stop. Stop. Stop there - stop there. Stop. Phew! Ah! ... our chief weapons are surprise...blah blah blah. Cardinal, read the charges.
Fang: You are hereby charged that you did on diverse dates commit heresy against the Holy Church. 'My old man said follow the--'
Biggles: That's enough.
[To Cleveland] Now, how do you plead?
Clevelnd: We're innocent.
Ximinez: Ha! Ha! Ha! Ha! Ha!

[DIABOLICAL LAUGHTER]

Biggles: We'll soon change your mind about that!

[DIABOLICAL ACTING]

Ximinez: Fear, surprise, and a most ruthless-- [controls himself with a supreme effort] Ooooh! Now, Cardinal -- the rack!

[Biggles produces a plastic-coated dish-drying rack. Ximinez looks at it and clenches his teeth in an effort not to lose control. He hums heavily to cover his anger]

Ximinez: You....Right! Tie her down.

[Fang and Biggles make a pathetic attempt to tie her on to the drying rack]

Ximinez:Right! How do you plead?
Clevelnd: Innocent.
Ximinez: Ha! Right! Cardinal, give the rack [oh dear] give the rack a turn.

[Biggles stands their awkwardly and shrugs his shoulders]

(...)

quinta-feira, 31 de agosto de 2006

Sagrado Coração do Telemarketing

Esta é a próxima idéia de filme a ser rodado. Baseia-se a triste experiência de cada um com esta prática maldita. Aliás, ultimamente venho recolhendo os fatos ocorridos com vários colegas, para juntar na massa do roteiro.

Uma empresa de telemarketing é vista de forma de irmandade, no qual a equipe sente um prazer macabro em incomodar os clientes. A idéia é um objetivo de causar o caos na sociedade e dominar através da discórdia.

Para enfrentá-los, um jovem arma-se com todos os recursos para conseguir reclamar da sua linha telefônica, trocar de celular e cancelar um cartão de crédito. Ele contará com a ajuda de um amigo hacker e uma central telefônica particular que mais parece o HAL do 2001.

Quem vencerá?

quarta-feira, 30 de agosto de 2006

The Pleasure Prison of the B'thuvian Demon Whore

http://www.rpgshop.com/product_info.php?products_id=38338&

Baseado no video "Fear of Girls", que andou rolando no Google Video.

O Jogo das Superpotências

Supremacia foi o jogo, facilmente comparado ao War mas visivelmente superior e mais complexo. Envolvia além da parte militar, o gerenciamento econômico dos recursos. Tudo precisava de dinheiro e recursos, a guerra não era de graça.

Mas a parte mais chamativa do jogo era a bomba atômica. Se tinha um país enchendo seu saco, enfia bomba nele. Só tinha um porém: depois de um certo número de bombas, declarava-se holocausto nuclear e o jogo terminava empatado. Este era o resultado de quase todos os jogos iniciais.

O jogo possuía várias expansões, mas nenhuma chegou no Brasil. Por exemplo, existia o mega-map, que aumentava o tabuleiro, incluindo mais duas superpotências na roda. Outra expansão era um livro de regras que esclarecia vários pontos e sugeria táticas diversas.
  • http://www.gamepile.com/game10.html
  • http://www.boardgamegeek.com/game/27
  • http://www.boardgamegeek.com/game/2851
  • http://www.visi.com/~spookshow/supremacy.html

terça-feira, 29 de agosto de 2006

DVD Fantástica Fábrica de Horrores

Fechei a capa do DVD da Fábrica de Horrores. Eis o texto que consta no verso:

"O mundo que conhecemos acabou. Em uma manobra única, Dr. Vicente Preço, entitulado expert em nanobiotecnologia, acionou o sistema de defesa secreto da Força Aérea Norte-americana, bombardeando alvos selecionados em todo o planeta. Logo após várias horas de horror global, sobreviventes começam a receber transmissões em ondas longas, anunciando a 'nova Ordem Mundial'.

Mas nenhum plano maligno nasce da noite para o dia. Conheça a vida de Vicente Preço, veja como ele repassa sem pudor seus planos em um banco de praça. Veja se o mal pode triunfar, ou se é necessário algo pior para impedir seus objetivos.

Contém: Filme, english subtitles, “making of” do filme, finais alternativos, galeria de fotos

Orientação aos pais: conteúdo megalomaníaco com cenas de consumo pesado de armamentos estratégicos (acima de 1 kton). Não exibir na presença de líderes de estado. Conteúdo vetado em 103 países por incitar guerras santas e histeria coletiva."

segunda-feira, 28 de agosto de 2006

Explicando o título

Conforme constava na página da Dark Ωne: "Elocubrações sobre a Existência (2004) - 7 min. Um programa de TV bizarro que termina em tragédia."

Alguns detalhes técnicos: " Primeiro, na parte técnica, o video está com uma distorção do filmdamage & etc, deixando com a aparencia de filme velho. Isso fudeu com o encoder, que pediu arrego, logo o mpeg ficou com uma qualidade trash total. Como disse, esse video esta' otimo pra testar codec. "

"Usei o Cinelook e Filmdamage, o primeiro alterou as curvas de cores e inseriu um pouco de grão (que nao da' pra enxergar nesta resolucao, so' no DVD). O segundo fez o "trabalho sujo" de inserir ruído típico de película. E ainda renderizei o video em 24p, ou seja, framerate de filme mesmo.

Ah sim, não esquecendo de distorcer o som, fazer um compressor no audition pra saturar, e até gravar em mono caretão, senão não tem graça...
"

O vídeo consta na coletânea "Digital Bloodbath".

domingo, 27 de agosto de 2006

"Between the time when the oceans drank Atlantis, and the rise of the sons of Aryas, there was an age undreamed..."

Li o primeiro volume do livro do "Conan o Cimério", que são as estórias originais. Recomendo fortemente.

Litania contra o medo

Bom, esta eu já tinha postado no Multiply, mas estou usando o Blogger principalmente por conseguir acessar do meu trabalho.

"I must not fear.
Fear is the mind-killer.
Fear is the little-death that brings total obliteration.
I will face my fear.
I will permit it to pass over me and through me.
And when it has gone past,
I will turn the inner eye to see its path.
Where the fear has gone there will be nothing.
Only I will remain."

Pra quem não conhece, esta veio do livro/ filme "Dune".