sexta-feira, 17 de abril de 2009

Pérolas do RPG

Passei a escutar o Nerdcast, e os episódios sobre RPG me fizeram lembrar as minhas pérolas. A mais sinistra delas, no qual relato em seguida, procurei no Google e encontrei uma mensagem minha, perdida no limbo da internet! Logo, como fui eu que escrevi, posso copiá-la sem perdão:

LENDAS DO RPG - O Dragão

Esta aconteceu a muito tempo atrás, e quando me contaram era a história de RPG mais sinistra que eu já tinha escutado.

É o seguinte...

Há muito tempo atrás, um grupo experiente de jogadores, que também eram mestres em AD&D, resolveu dar uma chance a um novato, que queria mestrar pela primeira vez.

O circo estava armado: O jogo seria de 1st level, o que não dá pra nada. Os jogadores só matam kobolds neste nível. Os jogadores montaram normalmente, sem macetes, seus personagens.

Começando a aventura: por um motivo além da minha compreensão, os personagens teriam que cruzar uma floresta para chegar em um país qualquer. O pessoal se preparou e começaram a andar. Anoiteceu e aí rolou o acampamento padrão, troca de guarda, fogueirinha, e coisa e tal.

Aíííí, no turno de guarda de um deles, é avistado um ponto azul no céu (tava de noite? Claro! Isso é detalhe), se aproximando... Quando chega o pessoal vê que é um DRAGÃO AZUL!

"Ferrou! Morremos! Sem saving throw! Não passei no fear check!" Os jogadores se desesperam, o jogo para eles tinha acabado agora, quando o Dragão chega, aterrisa, aproxima-se e diz: "Posso dormir com vocês?"

O pessoal não recusou esta oferta irrecusável. "Claro! Como não?" E eles continuaram a dormir, na companhia de um Dragão Azul, que, pensam eles, deve ser muito cruel e matará a todos no meio de nosso sono.

Aí rola aquela cutucada no ombro do pessoal... "É agora que morreu todo mundo!" Mas não! O dragão azul avisa que está vendo vários pontos vermelhos no céu! Ééééé, Dragões Vermelhos!! O pessoal fica perplexo e sem ação, quando o dragão azul fala: "Não se preocupem, eu chamei meus amigos!" E no round seguinte, chega uma galera de dragões azuis!

"Pô! E aí?" dizem os jogadores. Aí o Mestre começou a rolar o combate entre os dragões! Ficou nesta por horas, os personagens só olhando e os jogadores de saco cheio.

O jogadores perceberam como o combate foi feroz: Era mais ou menos o mesmo número de dragões... Porrada pra lá, porrada pra cá, veio o resultado da batalha: Todos os dragões vermelhos mortos, e os dragões azuis com ferimentos leves.

"???", os jogadores dizem em uníssoro. Mas fica por isto mesmo e continuam a aventura. (Não sei o paradeiro dos dragões azuis, mas isto não importa)

(Um adendo: dragão vermelho é muito mais poderoso que dragão azul)

No final, depois da distribuição farta de XP, os jogadores falam com o Mestre:

- Cara, nós ficamos numa dúvida naquela batalha. Os dragões azuis eram mais velhos, maiores que os vermelhos?
- Não, eram da mesma idade.
- Eles estavam em maior número?
- Não, eram o mesmo número.
- Pô, então como os dragões azuis conseguiram ganhar dos vermelhos???
- Ah, vocês não sabem de nada! Os dragões azuis eram guerreiros, enquanto os vermelhos eram ladrões. E vocês sabem que guerreiro tem mais hit points e bate muito mais que ladrão, não é???

Triste...
Detalhe: isto saiu na Dragão, meses depois. Eu não acreditei quando vi na revista, o quanto este cara deve estar conhecido no mundo do RPG. E cá estou eu, proliferando a lenda do "Dragão Fighter e Dragão Thief"

---

Obviamente, existe uma chance de ser lenda urbana. Se alguém conhece esta estória por outros canais, avise!

Marcadores: