sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A Morte Vem por Trás

Death Walks Behind You (Atomic Rooster)

Death Walks Behind You...
Lock The Door,
Switch The Light.
You'll Be So Afraid Tonight.
Hide Away From The Bad,
Count The Nine Lives That You Had.
Start To Scream,
Shout For Help,
There Is No One By Your Side.
To Forget What Is Done,
Seems So Hard To Carry On.
Luck Is False,
That It's Near,
Bring Yourself To Understand,
It's Your Fate,
Or What's Cast,
Point a Finger At Yourself.
Death Walks Behind You...

E semana que vem, o Guardião Cego estará entre nós!

Marcadores:

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Retorno à Supremacia

Aparentemente agosto é o mês que inspira a Supremacia, conforme post anterior.



Sábado tivemos um jogo muito agradável, e que não terminou em holocausto. Sorte para o Pino, o mundo será um melhor lugar sob a sua tirania.

Antes e após o jogo pude avaliar variantes, regras atualizadas e expansões. Uma regra do jogo base denominada "3.0", encontrada neste site, mostra alterações importantes, como cada rodada sendo executada em conjunto (todos fazem a etapa 1, depois todos a etapa 2, etc), sendo que a ordem dentro de cada etapa sempre é sorteada. Um "blind bid" eleva as possibilidade do jogo, especulando que etapa cada jogador vai participar. Particulamente, quando jogava moleque, todos jogávamos as sete etapas, o que vemos agora que é incorreto e importante para o equilíbrio do jogo.

Lamento que o jogo traduzido da Grow resolveu converter o dinheiro, reduzindo em 100.000 x as notas. Ou seja, no jogo original, aonde se lê "1 million dolars" no Brasil virou "10 unidades monetárias"... porra, só para dificultar a nossa vida!

Das expansões estou mais tentado em usar o "Mega-map", aumentando o número de territórios e possibilitando 8 jogadores - torna o jogo insano! Aí teria em imprimir um mapa em uma espécie de lona... e os recursos, teria que ver como fica o baralho!

O "Field Marshall's Handbook" é uma fonte importante de esclarecimentos, leia-o mesmo se for para jogar o jogo base.

Adotar todas as expansões, mesmo que esteja a seu alcance comprá-las, é proibitivo: o jogo acaba elevando exponencialmente suas possibilidades, e convenhamos, quando o cara sabe jogar não precisa de mais regra...

Talvez o "Fortuna" seja interessante, tipo um "sorte-e-revés" do Banco Imobiliário aplicado ao Supremacia...

E várias variantes às regras, como usual... no sábado jogamos uma variante em que todos compram/ vendem na mesma rodada pelo mesmo preço, e a bolsa move pela soma dos recursos vendidos/ comprados na rodada. Achei bem justo, resultou em uma especulação na bolsa, mas todos estavam emparelhados. Não sei como seria para um jogo de 6, há de se pensar.

Por enquanto é só, espero postar mais sobre outras partidas! Até breve!

Marcadores:

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Idéia de camisa 1



Confia nele?

Marcadores: